✻️

COMO NAVEGAR PELO MEMORIAL VIRTUAL

Nesta exposição, são apresentados os principais marcos históricos relacionados à constituição da pediatria no País, sobretudo no que se refere à formação e à atuação profissional dos especialistas. Também são rememoradas as principais campanhas nacionais em favor da saúde infantil, além da trajetória detalhada da constituição e consolidação da Sociedade Brasileira de Pediatria.

“O acervo é composto por meio de fotos, áudios, vídeos e livros doados por profissionais, instituições médicas e hospitalares conceituadas, além de material da própria SBP. A proposta é levar o visitante a entender o importante papel desta especialidade médica na sociedade brasileira”, explica o 2º vice-presidente da SBP e coordenador do projeto de virtualização do Memorial, dr. Edson Liberal.

INTERATIVIDADE

A navegação pela plataforma do Memorial Virtual é simples e rápida, e pode ser acessada por meio de smartphones, tablets e computadores com acesso à internet. Os círculos brancos indicados no piso do Memorial irão conduzir o visitante pelos ambientes. Ao clicar em cada um desses círculos, o internauta tem a sensação de caminhar no interior do Memorial e poderá ver todo o conteúdo em exposição.

Para se aprofundar em informações de alguns objetos da exposição, o visitante poderá usar os recursos das tags de áudio (cor azul), de texto (cor verde), de imagens (cor amarela) ou de vídeos (cor vermelha), o que torna a visita pelo Memorial Virtual ainda mais interativa.

O mapa de visita auxilia o internauta a entender o processo de navegação, conforme ilustração abaixo.

Utilize as teclas do seu teclado ← ↑ → ↓ para navegar pelo Memorial Virtual, ou cliques do mouse. Segure o clique e movimente o mouse para mudar de direção durante o Tour.

NAVEGAÇÃO

Dividido em sete diferentes ambientes, o visitante poderá ver e saber mais sobre a consolidação da pediatria como especialidade médica; as médicas pioneiras do Brasil; a Roda dos Enjeitados (também conhecida como Roda dos Expostos); como eram feitas as operações de amídalas; o parto humanizado; o pulmão de aço, entre outros.

A exposição aborda desde os aspectos da relação do adulto com a criança na cultura indígena e entre brancos e negros, até o ensino da Pediatria. São mais de 60 painéis informativos, fotos, objetos, vídeos, e outros recursos audiovisuais.

Registra ainda a instalação de hospitais e postos de puericultura; a ação dos Departamentos da Criança Nacional e Estaduais; as técnicas de prevenção e tratamento; os serviços de atendimento a crianças portadoras de deficiências; além dos aspectos mais expressivos das ações da Pediatria contemporânea. Além disso, há referências aos primeiros serviços de Pediatria, às Santas Casas, às clínicas pioneiras e às primeiras faculdades.

As campanhas de imunização, de aleitamento materno, do soro caseiro e de prevenção de acidentes e violência também podem ser vistas pelo público. A exposição enfoca também as novas tecnologias, à genética e às inovações em neonatologia.

Segundo o dr. Liberal, outro destaque do Memorial Virtual é a exposição da história da SBP desde sua fundação, em 1910, pelo dr. Fernandes Figueira, e as ações realizadas por essa instituição centenária em prol da qualidade no atendimento e melhoria da saúde das crianças e adolescentes, bem como sua atuação na defesa profissional.

CENTRO DE REFERÊNCIA

O Memorial da Pediatria Brasileira foi concebido em 1999, em comemoração aos 90 anos da SBP. Inaugurado em março de 2004 no Cosme Velho, bairro da Zona Sul do Rio de Janeiro, foi um centro de referência de pesquisa na área, articulando a produção científica específica da pediatria e das demais áreas do conhecimento envolvidas na questão da criança e do adolescente, tais como sociologia, história, filosofia, direito e educação.

“A diretoria-executiva da SBP deixa registrada nossa homenagem aos idealizadores do Memorial da Pediatria Brasileira, os pediatras dr. Lincoln Freire e dr. Reinaldo de Menezes Martins, aos quais temos um grande carinho e boas recordações. Eles foram pesquisadores incansáveis na área da pediatria, sem deixar de lado a luta constante pela melhoria da qualidade e do atendimento à saúde das nossas crianças e adolescentes”, pontua a dra. Luciana.